Buscar
  • Joaquina Nobre

Formação cidadã e participação democrática

Atualizado: 8 de Jul de 2020

No meio estudantil, a formação cidadã — e, com ela, a participação democrática — deve vir numa perspectiva curricular. A instituição deve formar pessoas capazes e interessadas em participar democraticamente. Isso inclui uma formação atenta ao exercício de liberdade, da responsabilidade e da segurança em expressar o que pensa.

De modo geral, o IFNMG ainda precisa avançar no fomento à participação democrática, garantindo que todo cidadão possa expressar o que pensa sem medo, sem qualquer tipo de receio a perseguição ou retaliação, posicionando-se de acordo ou contrariamente à ideia da gestão.

Quando falamos em participação democrática em uma instituição pública de ensino, devemos considerar o debate público, aberto e acessível a toda a comunidade escolar e à sociedade.

No IFNMG, têm sido disponibilizados recursos como o PARTICIPE, reuniões ao vivo, envio de e-mails apresentando documentos para que as pessoas possam dar sugestões, formação de órgãos colegiados, entre outros meios de participação.

Contudo, apenas oferecer os meios não tem sido suficiente para garantir uma participação democrática efetiva, que pressupõe uma formação cidadã e uma cultura institucional de debates — que devem ser construídas e estimuladas.

Além disso, ações como canais de ouvidoria e fortalecimento das representações estudantis são importantes estratégias de democratização da instituição. É por meio do diálogo que construiremos a instituição em que acreditamos.


* * *


Estou concorrendo como pré-candidata a reitora do IFNMG e quero saber mais sobre como posso ajudar nossa comunidade a criar o IFNMG que sonhamos: mais inclusivo, dinâmico, equânime e que explore com bravura nosso potencial! Você tem alguma sugestão? Mande uma mensagem por WhatsApp!

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A prática da remoção no IFNMG

Quando se fala em remoção no IFNMG, o tema que gera mais atritos em nossa comunidade é a remoção ex officio, nos moldes da também conhecida, popularmente, como “canetada”. Essa é uma prática que acaba

Meu entendimento de Educação

O entendimento de Educação que permeia os meus 25 anos de carreira docente remete à origem do Latim que a palavra carrega, a qual traz a ideia de que educar é conduzir para o exterior. Isso significa

Gestão do Campus Pirapora

A percepção de que, além das contribuições enquanto educadora, seria necessário promover uma renovação na maneira de efetivar o acesso amplo à educação de qualidade deu início ao caminho de gestão do